Nanocomputação Reversível

Omar Paranaiba Vilela Neto
Os microprocessadores atuais já fazem uso de transistores na escala nanométrica, mas estes já estão próximos do seu limite de miniaturização. A Nanocomputação visa o estudo de nanodispositivos e nanoestruturas para o desenvolvimento de uma nova geração de computadores, com arquiteturas inovadoras e eficientes. Estes novos dispositivos nanoeletrônicos incluem computação quântica, autômatos celulares com pontos quânticos (QCA), nanotubos de carbono, grafenos, transistores moleculares, diodos de tunelamento ressonante, computação com DNA, single-electron transistor, spin transistor e sistemas biológicos. Além disso, a computação tal como conhecemos é irreversível. Uma operação em porta lógica não pode ser desfeita e isso acarreta na dissipação de energia. Os computadores do futuro deverão ter poder de processamento, mas também baixíssimo consumo energético, viabilizando aplicações impossíveis nos dias atuais. Neste seminário discutiremos sobre os dispositivos conhecidos por “Field-coupled Nanocomputing” e como estes podem ser a alternativa para o desenvolvimento de uma futura computação reversível, levando aos limites físicos de miniaturização e consumo energético.