Justiça no Aprendizado de Máquina

Flavio Vinicius Diniz de Figueiredo
Com a crescente demanda de soluções de aprendizado de máquina em áreas como o direito e a medicina, existe também uma crescente preocupação em questões de justiça no uso de tais algoritmos. Perguntas relevantes no cenário atual são: Algoritmos de aprendizados de máquinas podem refletir preconceitos sociais? Se sim, é possível mitigar tais preconceitos? Infelizmente, a resposta primeira pergunta é sim. Felizmente, a resposta da segunda pergunta também é sim! Portanto, nesta palestra vou descrever como modelar e abordar tais problemas. Nenhum conhecimento prévio é necessário.
Tipo: